Modernização do sistema de transmissão de energia

 

SEL irá modernizar sistema de transmissão de energia     A unidade brasileira da SEL (Schweitzer Engineering Laboratories), sediada em Campinas (SP), irá desenvolver um projeto de modernização do Esquema de Controle de Emergência (ECE) da empresa Furnas Centrais Elétricas, uma das maiores em geração e transmissão de energia elétrica do Brasil. O projeto, cujo investimento é de R$ 2 milhões, terá duração de 1 ano e abrange o sistema de transmissão em 765 kV, trecho mais importante do sistema elétrico nacional por abastecer a região sudeste.

Qualquer problema num gerador, equipamento ou linhas desse sistema de transmissão pode deixar todo o País sem energia elétrica, por isso, o esquema de controle a ser desenvolvido pela SEL é vital para minimizar blecautes e garantir a continuidade do fornecimento.

Por ser altamente especializada, e entender a criticidade de projetos como esse, a SEL, fornecedora de produtos de alta tecnologia e serviços de automação, proteção e controle de sistemas elétricos de potência, foi a vencedora na análise técnica e escolhida para modernizar o sistema contra blecautes de Furnas. Todo o sistema a ser implantado será desenvolvido em Campinas e posteriormente levado a Furnas, onde serão executados os testes em campo, antes da entrada em operação do novo ECE. O novo sistema digital será integrado ao sistema elétrico de Furnas.

O sistema de transmissão em 765 kV, que se estende desde Foz do Iguaçu (PR) até Tijuco Preto (SP), passando por Ivaiporã (PR) e Itaberá (SP), é composto por três circuitos que operam em paralelo e cumprem o principal objetivo de escoar a geração da usina hidrelétrica de Itaipu 60 Hz, contribuindo para a transferência de energia entre os sistemas sul e sudeste.

O desenvolvimento de todo o projeto ficará a cargo da equipe de Engenharia da SEL. Serão utilizados dispositivos digitais inteligentes com tecnologia de ponta importados da matriz, localizada na cidade de Pullman, no Estado de Washington (EUA).

No Brasil, a SEL também possui uma área de produção local, onde realiza a montagem e testes de paineis elétricos.
A SEL possui a maior fábrica de painéis de proteção, controle e automação de sistemas elétricos do Brasil. A companhia inclusive investiu R$ 3 milhões para a construção de uma nova sede no País, inaugurada em março. O objetivo foi ampliar as instalações para aumentar sua capacidade produtiva, que deve chegar a 1000 painéis por ano e diversificar os modelos produzidos por aqui, como gabinetes para religadores, banco de capacitores e outros dispositivos para redes de distribuição elétrica. Além disso, a empresa aumentou as capacidades na área de Engenharia e Projetos Elétricos e na Universidade SEL, divisão da empresa responsável por ministrar cursos conceituais e de filosofia de proteção e automação de sistemas elétricos. A planta está localizada no condomínio empresarial Techno Park em Campinas (SP), numa área de
5 mil metros quadrados.

Fonte: Investimentos e Notíciaslogo_pet2