Eletrobras tem prejuízo de R$2,7 bilhões no 3º Trimeste

No ano, empresa acumula um saldo negativo de R$1,8 bilhão

Crédito: Eletrobras/ReproduçãoA Eletrobras encerrou o terceiro trimestre do ano com um o prejuízo líquido foi R$ 2,7 bilhões. No ano, o saldo está negativo em R$ 1,8 bilhão. Os números foram divulgados na noite desta sexta-feira (15/11).

A receita operacional líquida totalizou R$6,5 bilhões no terceiro trimestre, contra R$6 bilhões do terceiro semestre do ano passado, crescimento de 8,4%. Nos nove meses deste ano, a receita aumentou 14,4%, passando de R$ 17,8 bilhões (no mesmo período do ano passado) para R$ 20,4 bilhões.

No terceiro semestre, a soma do EBITDA das empresas controladas da Eletrobras foi negativa no valor de R$ 1 bilhão. Ao longo de 2014, o EBITDA acumulou um negativo em R$ 1,9 bilhão.

A empresa explica que o resultado no ano foi influenciado por algumas variáveis. A energia comprada para revenda cresceu consideravelmente. A empresa também precisou fazer provisões para cobrir o empréstimo compulsório (da ordem de R$ 1,3 bilhão) e para cobrir perdas no ativo financeiro (R$197 milhões). A Eletrobras também amargou um resultado negativo R$ 790 milhões no terceiro trimestre, causado principalmente devido aos compromissos da Usina Hidrelétrica de Santo Antônio, empreendimento no qual é sócia.

Por outro lado, a receita de geração e distribuição cresceram, respectivamente, 28,7% e 28,6% no terceiro trimestre do ano. Também houve a reversão de provisões de contratos onerosos no montante de R$ 408 milhões. A variação cambial também resultou num impacto positivo da ordem de R$349 milhões.

Fonte: Jornal da Energia logopet