Tesla registra patente de feixes de laser que podem queimar detritos do vidro de um carro

Tesla e CEO Elon Musk são conhecidos por suas criações de ponta que parecem estar à frente do nosso tempo. Parece que todos os meses a empresa está desenvolvendo uma nova inovação pronta para revolucionar o mundo.

Adeus limpadores de para-brisa

É por isso que não ficamos surpresos quando descobrimos a mais recente patente super legal da Tesla. Com sua mais recente invenção, parece que a empresa procura limpar o vidro de seus carros com raios laser.

Sim, você leu certo! Raios laser! Os raios seriam usados para limpar todas as superfícies de vidro dos veículos da Tesla, incluindo as dianteiras das câmeras usadas nos sistemas de piloto automático.

O sistema usaria câmeras para detectar sujeira nos para-brisas, vidros laterais ou traseiros ou lentes de câmeras e depois implantaria um laser para queimar os detritos quando necessário. A patente ainda apresenta uma ilustração de um modelo de Tesla com lasers montados em seu capô e para-choque.

Mas a questão é: os lasers seriam realmente melhores na limpeza de detritos do que o limpador de pára-brisa tradicional? Embora não saibamos a resposta, uma coisa é certa: os lasers são capazes de atingir áreas do carro que não são acessíveis aos limpadores de pára-brisa convencionais.

Uma solução segura?

Temos que entregá-lo à Tesla, essa é definitivamente uma solução inovadora. Mas os lasers são seguros para limpar vidro? O senso comum sugere que o laser passaria e possivelmente danificaria o que está do outro lado do vidro, incluindo seres humanos no carro.

Mas o pessoal da Tesla já cuidou dessa questão e a patente leva em conta esse problema. Eles recomendam revestir o vidro com um revestimento de óxido de indium e estanho para garantir que os raios laser não possam passar.

Por último, mas não menos importante, Tesla também sugere o uso do sistema para limpeza de painéis solares fotovoltaicos. Sabe-se que os detritos dos painéis solares reduzem bastante sua capacidade de gerar eletricidade.

No entanto, a limpeza de painéis solares tem sido uma tarefa complicada e trabalhosa. Os lasers poderiam ser a solução que todos esperávamos?

Por enquanto, o sistema é apenas uma patente e ainda precisa provar sua eficiência na prática antes de se tornar disponível ao público. No entanto, a idéia por trás dessa inovação nos entusiasma e mal podemos esperar para ver onde isso pode ir.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Fonte: EngenhariaE