Como o método científico se difere de uma opinião.

O questionamento é da natureza humana e é a base da filosofia. O método socrático conhecido como maiêutica consiste na multiplicação de perguntas, induzindo o interlocutor a abandonar os seus pré-conceitos e a descobrir suas próprias verdades. A dúvida é o ponto de partida para a pesquisa e pela busca de respostas. Mas a partir daí, qual é a diferença entre o método científico e a opinião?

A palavra “ciência” vem do latim scientia, que significa conhecimento. Esse conhecimento deve passar por algumas etapas para avaliar a sua credibilidade, o que chamamos de método científico.

Fonte: Blog da Biblioteca Central da UFRGS

A princípio, deve haver uma observação, seja a olho nu ou com a ajuda de equipamentos, gerando perguntas sobre o fenômeno ou material observado. Então, procura-se respostas pautadas em conhecimentos prévios em livros, revistas científicas e outros recursos disponíveis. Caso a pergunta ainda não tenha uma resposta concreta após a revisão bibliográfica, levantam-se hipóteses, afirmações prévias supondo respostas aos problemas levantados.

Para verificar se a hipótese é verdadeira, ocorre a fase de experimentação, com planejamento, execução e coleta de dados, tentando assim responder a todos os questionamentos com as práticas e equipamentos disponíveis.

No passo seguinte, ocorre a análise dos resultados da experimentação. Caso sejam satisfatórios, é possível realizar afirmações sobre o que foi analisado, criando-se teorias e leis. Porém, pelo método científico, uma hipótese ao ser testada pode ser descartada, permitindo um avanço na pesquisa a partir do descarte de teorias erradas, e retornando, assim, para a fase de se criar uma nova hipótese, que será novamente testada até que se encontre um resultado que valide a teoria. Porém, vale ressaltar que  toda teoria a princípio considerada verdadeira está fadada a ser questionada e modificada. Assim, o método científico é um processo contínuo de verificar essas hipóteses.

Enquanto isso, uma opinião é uma maneira de pensar, um julgamento pessoal. Na Filosofia de Parmênides, opinião é a ideia confusa acerca da realidade e que se opõe ao conhecimento tido como verdadeiro.

Nesta terça (19/05), o presidente  Jair Bolsonaro anunciou um novo protocolo para o uso da cloroquina no combate ao Covid-19. Segundo o presidente, o protocolo prevê o uso do medicamento já nos primeiro sintomas.  No entanto, no dia seguinte, o presidente reconheceu por meio das redes sociais que a cloroquina não possui comprovação científica contra o Covid-19.

Em um momento onde a comunidade científica pede cautela, justificando que ainda é necessário um estudo mais amplo sobre a droga e uma avaliação segura sobre sua dosagem, muitos ainda se automedicam e colocam suas vidas em risco por acreditarem em uma opinião não comprovada cientificamente. Assim, uma opinião sem comprovação científica sendo propagada como verdade pode trazer sérias consequências à comunidade. 

Leia também: É Fato ou Fake? 

Dessa forma, podemos perceber o valor da ciência, que nos permite encontrar respostas que agregam tanto à humanidade. E como não existem respostas para tudo e nenhuma verdade é absoluta, devemos sempre questionar. Também devemos buscar informações e respostas em fontes confiáveis, evitando o risco da desinformação.

Por Juliana Hansen