Falhas no sistema elétrico provocam interrupção de 8308 MW de carga no final de semana

Cerca de 12 estados foram afetados; CMSE se reuniu nessa segunda-feira (17/12) para analisar as causas das ocorrências

2068

No último final de semana ocorreram duas interrupções de energia elétrica no Sistema Interligado Nacional (SIN). Somadas, foram 8308 MW de carga não transmitidas, deixando várias regiões do País no escuro.

Segundo Informativo Preliminar Diário da Operação (IPDO), no sábado (15/12), às 17h55, ocorreram múltiplos desligamentos no SIN nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Naquele dia, “houve a interrupção de 8166 MW de carga”, e além dessas regiões, “afetaram também Acre e Rondônia”. No total, foram 12 estados afetados por essa primeira interrupção de eletricidade, sendo que São Paulo e Paraná foram os mais afetados.

Embora o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) afirme no IPDO que a causa do desligamento ainda não pode ser precisada, o órgão pondera que o tempo estava “chuvoso e tempestuoso na região Centro-Oeste”.

“Houve a separação do SIN entre Brasília e Minas Gerais, ficando o Centro-Oeste interligado com as regiões Norte e Nordeste. E a região Sudeste (em Minas Gerais) com a região Sul”, detalha o documento. “Também houve a separação do Mato Grosso com a região Acre/Rondônia”.

O sistema só foi normalizado por volta das 20h00. “Além dos equipamentos de transmissão, houve perda significativa de geração em todas as regiões do País”, completa o informativo.

Ocorrência 2

No domingo (16/12), houve um nova interrupção no sistema elétrico, essa causada pelo desligamento automático das linhas de transmissão Castanhal-Vila do Conde e Castanhal-Utinga, em 230 kV, de responsabilidade da Eletrobras Eletronorte. Assim como na outra interrupção, ainda não foi possível identificar o motivo da falha.

A interrupção causou um corte de 142 MW de carga da Celpa, na zona Bragantina do estado do Pará. A normalização só ocorreu às 20h44, cerca de 40 minutos depois do blecaute.

CMSE
Ainda no domingo, o Ministro Edison Lobão presidiu uma reunião extraordinária do Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE) para avaliar a perturbação ocorridas no sábado no (SIN).

A reunião, convocada pelo ministro, contou com a participação do Secretário-Executivo do Ministério, Márcio Zimmermann, do Diretor-Geral da Aneel, Nelson Hubner, do Diretor-Geral do ONS, Hermes Chipp, do Diretor Presidente da Eletrobras Furnas, Flávio Decat, além de outros dirigentes.

Segundo o MME, a ocorrência de sábado teve origem nas instalações da hidrelétrica Itumbiara, de propriedade da Eletrobras Furnas, localizada em Goiás.

Ainda no domingo, por determinação do Ministro, uma equipe técnica do Ministério, Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e ONS se deslocaram para Itumbiara com o objetivo de analisar “in loco” a ocorrência.

Seguindo os procedimentos de rede do SIN, o ONS coordenará reunião nesta segunda-feira (17/12), quando os agentes envolvidos analisarão as causas da ocorrência.

Fonte: Jornal da Energia

1008jia2001

%d blogueiros gostam disto: