Heineken Brasil quer se tornar a cervejaria mais verde do mundo até 2020


Heineken tem feito campanhas em prol do consumo consciente de bebidas. Para divulgação foram colocados sofás em praias do Rio de Janeiro, Miami (EUA), Ho Chi Minh (Vietnã) e Amsterdã (Holanda).

Além dessas ações, a cervejaria tem criado projetos sustentáveis visando ser a empresa mais verde do mundo no setor até 2020. O foco está em três objetivos estratégicos:

  1. Melhorar o impacto ambiental das marcas e negócios da Heineken;
  2. Capacitar as pessoas e as comunidades em que a empresa opera;
  3. Impactar positivamente o papel da cerveja na sociedade.

Projetos sustentáveis já realizados pela Heineken Brasil:

Bacias Hidrográficas

Para produção de cada litro de cerveja, são necessários 6 litros de água. O consumo médio da empresa é de 4,9 litros água para cada litro de cerveja. A Heineken participa dos Comitês de Bacias Hidrográficas nas regiões em que atua, e aborda o controle do uso da água nas comunidades, indústrias, agropecuária e outros setores e da qualidade do efluente devolvido nos rios. O programa existente no Brasil já economiza o equivalente a 38 piscinas olímpicas cheias por ano.

Consumo de energia

Para o consumo energético, são utilizadas energia gerada por meio de biocombustível, biomassa e co-geração. Unidades como Jacareí (SP) e Pacatuba (CE) geram a sua própria energia. A utilização de energia própria, em um ano, seria suficiente para abastecer por um mês mais de 230 mil residências com quatro pessoas que consumam a média de 200 KWh/mês.

Tratamento de efluentes

O tratamento de efluentes é utilizado em mais de 92% das cervejarias. A soma de toda capacidade de tratamento instalada nas oito fábricas brasileiras seria o suficiente para tratar o esgoto doméstico gerado por uma população superior a 300 mil habitantes.

Fonte: Eco4planet

1008jia2001

%d blogueiros gostam disto: