Como a fruta mais fedida do mundo pode ajudar a gerar energia para seu telefone

Encontrar novas maneiras de fornecer energia e lidar com o desperdício de alimentos são problemas mundiais, mas para um grupo de pesquisadores da Universidade de Sidney, essas situações podem ser resolvidas ao mesmo tempo.

Vincent Gomes e Labna Shabnam estão transformando os restos de durião, a fruta mais fedida do mundo, e de jaca, a maior fruta do mundo, em um supercapacitor que pode carregar celulares, tablets e laptops em minutos.

Os supercapacitores são reservatórios de energia capazes de carregar rapidamente e descarregar em rajadas, sendo uma alternativa para o armazenamento de energia. Normalmente, são feitos de grafeno, material caro, mas essa equipe tem produzido aerogéis de carbono de partes não comestíveis das frutas.  Eles aqueceram, liofilizaram e depois assaram o núcleo esponjoso não comestível de cada fruta em um forno a temperaturas de mais de 1.500 °C. As estruturas pretas, altamente porosas e ultraleves que resultaram desse processo poderiam ser transformadas em eletrodos de um supercapacitor de baixo custo.

Os supercapacitores podem carregar em 30 segundos!! E são usados para alimentar diversos dispositivos.

Já pensou em carregar seu celular com um supercapacitor de jaca e durião?

Deixe sua opinião nos comentários!

Fonte: BBC