Energia – 1º Semestre 2015

Gás de Xisto: herói ou vilão?

De uns anos para cá, o tema gás de folhelho, popularmente conhecido como gás de xisto, tem ganhado maior relevância. O uso dessa fonte não convencional vem sendo apontado como um elemento promissor para a indústria.

Com o potencial de trilhões de metros cúbicos espalhados em bacias ao redor do planeta, a vantagem econômica desse insumo é o fato de ser mais barato que o petróleo, o que poderá acarretar uma  mudança profunda na matriz energética no mundo todo.

Com relação a esse assunto, dois tópicos suscitam debates e opiniões controversas: seu potencial produtivo e os impactos econômicos e ambientais.

 

Assista o vídeo a seguir e aprenda mais sobre o assunto.

 

Grupo 1: CONTRA

Alan Gonçalves
Amanda Pávila
Bruno Garcia
Carla do Valle
Diego de Oliveira
Gabriel Oliveira

 

Grupo 2: CONTRA

Gustavo de Souza
Heitor Cardoso
Isabela Marcondes
Jean Carlos Xavier
João Paulo Fernandes

 

Grupo 3: CONTRA

João Pedro Carneiro
Leonam Cassio
Leonardo Moreira
Letícia Florentino
Lucas Eduardo

 

Grupo 4: A FAVOR

Lucas Gatti
Luís Arthur
Luiz Rogerio
Mateus Henrique
Matheus Ruhena

 

Grupo 5: A FAVOR

Natália Carneiro
Pedro Henrique
Rafael Netto
Rodolfo Fernandes
Rodolfo Lima

 

Grupo 6: A FAVOR

Romero Farias
Samara Karolline
Wanderson Sebastião
Wesley Nogueira
Yasmin Vanon

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com