Amazon promete alcançar emissões zero de carbono

Com o objetivo de fazer o que os políticos dos EUA não estão fazendo, a gigante do comércio eletrônico Amazon anunciou uma promessa corporativa de superar os requisitos do Acordo Climático de Paris, que exige que o planeta tenha carbono zero em 2050. 

Em um comunicado de imprensa , a empresa disse que pretende ser neutra em carbono até 2040, uma década antes dos objetivos do Acordo de Paris. 

“Decidimos usar nosso tamanho e escala para fazer a diferença”, disse Jeff Bezos,  fundador e CEO da Amazon, no comunicado de imprensa. “Se uma empresa com tanta infraestrutura física quanto a Amazon – que entrega mais de 10 bilhões de itens por ano – pode cumprir o Acordo de Paris 10 anos antes, qualquer empresa pode”.

A Amazon está se unindo ao Global Optimism, uma organização sem fins lucrativos dedicada a salvar o planeta das mudanças climáticas, para criar o The Climate Pledge. A promessa pede a todos os signatários que atinjam a emissão de carbono líquido zero até 2040. 

As empresas que assinam o contrato concordam em medir e relatar regularmente as emissões de gases de efeito estufa, implementar estratégias de descarbonização alinhadas ao Acordo de Paris, que exige mudanças e inovações reais nos negócios e neutralizar quaisquer emissões restantes com compensações quantificáveis, reais e permanentes. 

Curte o conteúdo do Energia Inteligente? Compartilhe com seus amigos e deixe sua opinião nos comentários.

Fonte: Engenharia É