Aneel promove leilão de fontes alternativas de energia na segunda-feira

logo-aneelA Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) realizará na próxima segunda-feira, 27, a partir das 10h, o Leilão de Fontes Alternativas (LFA) nº 02/2015, a partir do qual pretende contratar energia de projetos a biomassa e eólicos. Serão ofertados três produtos, com fornecimento de energia a partir de janeiro de 2016 e julho de 2017, e duração de 20 anos. O primeiro produto será composto por usinas novas e existentes movidas a biomassa. Os outros dois produtos envolvem novas térmicas a biomassa e usinas eólicas.

O preço-teto estabelecido pela Aneel para a energia gerada pelas térmicas a biomassa é de R$ 215/MWh, válido para os projetos existentes e novos. No caso da energia eólica, o preço máximo a ser pedido pelos geradores será de R$ 179/MWh.

Foram habilitados para participar do leilão um total de 200 projetos, dentre os quais 172 parques eólicos e 28 térmicas. Um dos projetos térmicos foi habilitado para negociar energia a partir de 2016 e 2017, por isso a Empresa de Pesquisa Energética (EPE) considera 23 termelétricas a biomassa com energia ofertada a partir de 2016 e seis projetos com possibilidade de fornecimento de energia a partir de 2017.

A capacidade instalada dos 200 projetos totaliza 4.253 MW. De acordo com a EPE, os 172 empreendimentos de energia eólica representam uma capacidade de 3.930 MW. As 23 usinas termelétricas reúnem 57 MW de potência. Já os seis projetos com entrega em 2017 têm capacidade instalada conjunta de 265,8 MW.

Os Estados do Rio Grande do Norte, Bahia e Ceará devem ser os principais destaques do certame. Foram habilitados 56 projetos eólicos no Rio Grande do Norte (1.223 MW), 50 empreendimentos eólicos na Bahia (1.084 MW) e 40 projetos com mesmo perfil no Ceará (998,4 MW).

O leilão será operacionalizado pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) e acontecerá em São Paulo. O resultado será divulgado na página eletrônica da CCEE.

Fonte: Estado de MinasLogo Pet 2