Este dispositivo impresso em 3D pode ajudar a respirar embaixo da água

O designer japonês e cientista de materiais  Jun Kamei inventou um dispositivo respiratório subaquático construído com impressão 3D . Kamei prevê complicações decorrentes do aumento do nível do mar, que ele acredita afetar cerca de três bilhões de pessoas no mundo.

Com este problema em mente, o inventor criou o Amphibio, uma peça impressa em 3D que ele espera que ajude as pessoas afetadas pelo aumento do nível do mar a trabalhar com a natureza em porções submersas da Terra.

“Até 2100, um aumento de temperatura de 3,2 graus Celsius está previsto para acontecer, causando um aumento do nível do mar que afeta entre 500 milhões e três bilhões de pessoas e submergindo as megacidades situadas nas áreas costeiras”, explicou Kamei. Ele acredita que Amphibio se tornará essencial para nossas próximas gerações, que serão forçadas a gastar muito mais tempo na água como resultado de um “mundo inundado”.

Amphibio replica o método que os insetos aquáticos usam para capturar ar, formando uma guelra de troca de gás. O material microporoso e hidrofóbico do aparelho respiratório permite, assim, a extração de oxigênio da água e, ao mesmo tempo, a remoção do dióxido de carbono.

O protótipo funcional do Amphibio ainda não produz oxigênio suficiente para sustentar um ser humano. No entanto, Kamei é otimista. Ele mesmo desenvolveu o filamento material impresso em 3D e, no futuro, espera que as pessoas possam comprá-lo por conta própria.

À medida que a impressão 3D se torna mais comum e prontamente disponível na sociedade, ele visualiza um futuro em que as pessoas podem imprimir roupas adaptadas à sua própria forma corporal – e na qual Amphibio é uma de suas opções.

Fonte: Engenharia é

Gostou do conteúdo? Compartilhe com seus amigos!

 

logo_pet2